“Sala e quarto” conquistam o mercado imobiliário

O aumento das vendas de imóveis de um dormitório decorre, em grande parte, do “bônus demográfico” brasileiro, situação em que o número de pessoas ativas entre 20 e 50 anos supera a soma de crianças e aposentados.

Esta mudança aliada à mobilização econômica de 40 milhões de cidadãos registrada nos últimos anos e às melhorias das condições de crédito permitiu a geração de uma demanda imobiliária até então inédita.

O interesse imobiliário desses jovens vai de estúdios compactos e sem divisórias, com 35 metros quadrados, perpassam os “sala e quarto” e se alçam aos sofisticados lofts de 100 metros quadrados e duas vagas.

Arquitetura moderna, espaços abertos, raia de natação, espaço gourmet são desejos refinados desse público, que considera essencial a proximidade do imóvel com o local de trabalho, universidades, cinemas, bares, restaurantes e baladas. Preço não é o fator decisivo para a compra do imóvel.

Agora, imóveis de um dormitório recuperam importância e incentivam a volta da locação como investimento. As modernidades legais e a demanda permitem este progresso.

Uma opção para quem deseja investir neste tipo de imóvel é o La Vitta Condomínio Club, apartamentos de um ou dois dormitórios.

Com uma arquitetura irresistível, no La Vitta você encontra: piscina adulta e infantil, playground para as crianças, quadra gramada e recreativa, salão de festas e churrasqueira.

O empreendimento se encontra em uma área de grande valorização próxima ao Parque do Sabiá, novo Shopping e a da nova universidade de Uberlândia (Campus Glória).

Se você possui interesse em investir, não perca tempo.

Ligue na Rotina 3239-5000 e fale com um de nossos corretores de lançamentos.

Fonte: http://www.aecweb.com.br/artigo/comunidade/4914/joao-crestana/a8098sala-e-quartoa8099-ganha-modernid

Esta entrada foi publicada em Acontece, Imóveis e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *