Casa ou apartamento, qual a melhor opção?

Imagem relacionada

Para não errar na escolha, é fundamental conhecer as particularidades de cada perfil de moradia, analisando qual atende o seu estilo de vida.

Mas fique atento: nesse momento, você não deve considerar apenas as suas necessidades atuais, é preciso que você pense no futuro.

Para te ajudar, listamos os pontos positivos e negativos de viver em casa ou apartamento. Veja:

Casa

  • Pontos positivos

  1. Espaço: Para quem possuí filhos pequenos e/ou pets, ter um quintal que permita que eles possam gastar as energias ao ar livre sem a necessidade de sair de casa para ir a praças ou parques é uma praticidade e tanto.

  2. As decisões são suas: Você não precisa ter que chegar a um consenso coletivo, através de votações em assembleias dirigidas por um síndico para definir investimentos necessários como melhorias e reformas a serem feitas.

  3. Sem taxa de condomínio: Exceto as casas em condomínios fechados, casas em vias abertas ficam livres de pagar a taxa condominial.

  • Pontos negativos

  1. Alto custo: Como não há com quem ratear as despesas, os gastos para a manutenção que são fundamentais para a conservação do imóvel, ficam inteiramente por conta do proprietário e em algumas vezes, ultrapassam a economia obtida com a ausência da taxa de condomínio.

  2. Menos segurança: A falta de uma portaria ou sistema de segurança (a não ser que o proprietário providencie por conta própria) faz com que as casas sejam mais vulneráveis. Até mesmo a sensação de liberdade cai por terra, pois hoje em dia é preciso erguer muros altos para proteção da residência.

Apartamento

  • Pontos positivos

  1. Segurança: A portaria possui o controle de entrada e saída, assim como evita o acesso ao prédio de vendedores e desconhecidos. Além de intimidar os criminosos com a existência de um sistema de vigilância completo.

  2. Praticidade: Cuidar de um apartamento é muito mais fácil do que de uma casa, basta manter a limpeza dos cômodos internos, já que as áreas externas contam com prestadores de serviço.

  3. Facilidade: Grandes empreendimentos costumam atrair uma ampla rede de comércios e serviços para o seu entorno, evitando a necessidade de se deslocar pela cidade para dar conta das demandas diárias.

  4. Qualidade de vida: os apartamentos tendem a contar com uma infraestrutura completa que proporciona aos moradores áreas verdes, churrasqueira, parquinho, quadra e muito mais.

  5. Economia: Mesmo com a taxa condominial, se os gatos com a manutenção do imóvel e a redução das despesas com lazer e academia de ginástica forem colocados no papel, o custo de morar em um apartamento é bem menor do que em uma casa.

  • Pontos negativos

  1. Compromisso: apesar das vantagens embutidas na taxa condominial (manutenção das áreas externas do imóvel, segurança reforçada, espaços de lazer e para a prática de atividades físicas etc.), trata-se de uma conta que deve ser paga mensalmente, para não se tornar inadimplente.

 
Esta entrada foi publicada em Dicas e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *