Tudo que você precisa saber sobre pet em apartamento

A chegada de um bichinho de estimação é sempre um momento marcante e feliz na vida de qualquer família. Porém, quem mora em apartamento sabe que o espaço precisa de ajustes para receber os novos amigos da casa, sendo que alguns deles envolvem planejamento e até adaptações no local para a segurança do pet.

Para organizar o apartamento para receber os novos moradores, é preciso planejamento que exige detalhes sobre como o animal fará suas necessidades, onde ele dormirá e como mantê-lo seguro estando em um apartamento. Por isso, confira algumas dicas importantes para preparar o apartamento para receber os bichinhos de maneira adequada.

PROVIDENCIE UMA REDE DE PROTEÇÃO

Instalar a rede de proteção no apartamento é a primeira atitude que deve ser adotada assim que a decisão de ter um bicho de estimação for tomada. No caso dos gatos, é preciso instalar a rede em todas as janelas e em toda a varanda, já que os bichanos gostam dos lugares mais altos. No caso dos cães, vale a pena colocar telas nas janelas e na parte da grade baixa da varanda.

Providencie também um novo local para armazenar produtos de limpeza, se você costuma deixá-los expostos em prateleiras. Coloque-os em um armário fechado para que não haja acidentes.

Resultado de imagem para rede de proteção pet

PREPARE UM LOCAL CONFORTÁVEL PARA DORMIR

Também é importante pensar com a família onde é o melhor lugar para o animal descansar. Assim como os humanos, os bichinhos gostam de lugares confortáveis e quentinhos; então, deixá-los dormir na varanda aberta durante os dias mais frios pode ser prejudicial. Escolha um local escuro, com boa ventilação, e comece a montar o cantinho.

No mercado, existem opções de camas e cobertores de todos os tamanhos, mas é possível improvisar o “dormitório” do pet com cobertores próprios, edredons que você não usa mais e almofadas.

O cão ou gato pode não gostar de ser coberto com a manta, mas certamente vão preferir deitar sobre ela do que no chão gelado. Se o seu bichinho de estimação for um gato, fique ciente de que ele pode ignorar a cama que você preparou e se instalar na sua própria cama ou no sofá.

Imagem relacionada

SEPARE UM CANTINHO DA CASA PARA O BANHEIRO

Esse é um ponto que deve ser estudado por quem tem apartamento. A varanda ou a lavanderia do espaço são os locais mais escolhidos para que os pets possam fazer suas necessidades.

No caso dos gatos, ensiná-los a fazer a necessidade no lugar correto não é tarefa difícil, já que o instinto dos felinos naturalmente os levará para a caixinha de areia. Já para os cães, é preciso um pouco de paciência; por isso, reserve um local onde seja fácil forrar com jornal para o aprendizado.

Existem diversos “banheiros” para cães e gatos no mercado mas, basicamente, os felinos precisam de uma caixinha de areia e os cães de um jornal ou tapete higiênico. Não se esqueça também de planejar com a família quem será o responsável por manter o local limpo todos os dias.

Resultado de imagem para pet local para refeição

PENSE NAS ROUPINHAS

Os gatos não costumam ser fãs de roupas ou coleiras, por isso é mais indicado esperar o bichano chegar para ver se aceitará ser vestido. Já os cães, normalmente não se incomodam e até gostam de ficar agasalhados no frio. No mercado, há uma infinidade de opções de roupas, acessórios e até sapatos para os cães.

Fica a seu critério decidir o que comprar, mas fique sempre atento. Se notar que o animal está se sentindo desconfortável, retire peça. Também é indicado vestir os bichinhos depois de serem tosados, principalmente os de porte pequeno, já que os pelos são uma importante proteção contra o frio e, sem ela, seu amiguinho pode pegar uma pneumonia grave.

Resultado de imagem para pet com roupinha

PREPARE OS LOCAIS DA REFEIÇÃO

Faça uma lista de compras e vá até uma loja especializada antes do bichinho chegar. Providencie potes de comida e água de acordo com o porte do animal e a quantidade de alimento que ele ingere diariamente.

É preciso lavar os recipientes todos os dias para evitar o acúmulo de bactérias, assim como trocar a água — já que todos gostam de água sempre fresca.

Imagem relacionada

ADQUIRA UMA ESCOVA

Esse acessório é muito importante tanto para quem terá gatos ou para quem receberá um cachorro no apartamento. A maioria dos animais solta muito pelo e o hábito de escová-los regularmente diminui a queda dos pelos na casa, evitando que você tenha de limpá-la todos os dias.

A frequência de escovação dependerá da raça do animal, por isso pergunte ao veterinário ou observe a partir de quantos dias, sem pentear, seu bichinho começa a soltar mais pelo.

Algumas raças de gatos e cães de pelos longos precisam ser escovadas todos os dias ou, no máximo, de três a quatro vezes por semana — enquanto um animal de pelo mais curto pode passar pelo procedimento somente uma vez por semana.

Imagem relacionada

COMPRE BRINQUEDOS

Apesar de os bichinhos se divertirem com qualquer detalhe da casa, comprar alguns brinquedos é importante para que ele deposite suas energias no próprio objeto, em vez de arranhar o sofá ou comer seus sapatos. Lembre-se sempre de comprar os itens de acordo com o tamanho do animal, já que brinquedos muito grandes ou muito pequenos podem causar acidentes.

Bolinhas para os cães e varetas com penas e arranhadores para gatos são os acessórios mais indicados para quem deseja dar uma distração para o melhor amigo. Para ambos, existe também um brinquedo onde são colocados petiscos em seu interior e é preciso morder para retirá-los.

É uma ótima alternativa para quando os donos vão viajar e querem que o pet tenha uma distração durante o dia.

Resultado de imagem para pet brincando

Organizar o apartamento para receber um novo bichinho de estimação exige planejamento e paciência. Como vimos, é necessário dividir o espaço que ele precisará para suas necessidades básicas e providenciar os acessórios essenciais para que você cuide dele da maneira adequada.

Além das dicas básicas citadas acima, é sempre importante consultar um veterinário e saber mais sobre a raça e se há a necessidade de providenciar mais algum detalhe para recepcionar o novo morador da casa com segurança.

Agora que você já sabe os cuidados que tem de tomar ao receber um animal em casa, confira sete raças de cachorros que se dão melhor em apartamento e escolha o seu melhor amigo!

FONTE: www.vivareal.com.br/blog
Publicado em Dicas | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Cuidar de piscina: você conhece bem?

Sol, calor, férias e piscina. Será que existe uma combinação mais perfeita para aproveitar o tempo de folga ao lado da família? Mas, para quem deseja ou pretende ter uma piscina em casa, saiba que é preciso muito mais do que fôlego para encarar esse tipo de investimento. Uma piscina demanda planejamento e manutenção constante para que esteja sempre limpa e em condições de ser utilizada.

Pensando nisso, hoje selecionamos os principais cuidados que você precisa ter antes de construir uma piscina em casa. Aprenda como mantê-la sempre limpa e descubra agora mesmo se vale a pena mergulhar de cabeça nessa ideia. Confira!

Planejamento financeiro para ter uma piscina em casa

Qual é a sua realidade financeira hoje? Quais são as suas prioridades? Quanto é possível reservar do seu orçamento para investir em uma piscina? Essas são algumas das perguntas que podem ajudá-lo a decidir se uma piscina é um projeto viável.

Lembre-se que os custos com a instalação e manutenção de uma piscina variam muito de acordo com fatores como tamanho, modelo e materiais escolhidos. Pense em tudo isso antes de tomar uma decisão final!

Não bastará apenas instalar a piscina. Será preciso cuidar da qualidade da água, para manter a saúde de sua família, e isso exigirá certos gastos com materiais específicos, o que pode impactar seu orçamento.

Controle do pH

Controlar o pH da água de uma piscina é um dos pontos mais importantes para garantir a qualidade da água e durabilidade de todos os materiais envolvidos em sua estrutura e manutenção. Isso porque o pH nos ajuda a descobrir se um líquido está ácido, neutro ou alcalino.

O pH da água que tomamos banho, por exemplo, está em torno de 7, ou seja, a água é neutra. Agora, conforme o pH diminui, a água da piscina tende a ficar mais ácida, podendo causar irritação na pele e olhos dos banhistas, além de danificar peças metálicas da estrutura da piscina. Por outro lado, quando o pH aumenta, a água fica alcalina, dificultando a sua limpeza e podendo causar irritações na pele e nos olhos dos banhistas.

Existem kits de controle de pH que serão o seu braço direito para manter a água da piscina sempre limpa e própria para o banho. Vale lembrar que os testes de pH devem ser feitos periodicamente.

Controle de alcalinidade

Enquanto o pH serve como parâmetro de intensidade de acidez da sua piscina, a alcalinidade é a capacidade da água em neutralizar ácidos e manter a sua piscina em condições de banho, ou seja, regular o nível de alcalinidade da água ajuda a manter o pH estável.

Em termos práticos, você precisará também de um equipamento que o ajudará a medir especificamente a alcalinidade da água. Assim, você poderá tomar as medidas necessárias para manter a sua piscina impecável, como utilizar um “elevador de alcalinidade”, substância que como o próprio nome já diz, elevará a alcalinidade da água casa seja necessário.

Uso de clarificante

O uso de cloro na piscina serve basicamente para eliminar os microrganismos nocivos à qualidade da água e à nossa saúde. O tipo de cloro e quantidades a serem ministradas variam bastante de acordo com a situação em que a água da piscina se encontra. Por isso, antes de jogar qualquer tipo de produto químico na água, leia os rótulos dos produtos e tenha bastante certeza sobre o que está fazendo.

Limpeza do pré-filtro

O pré-filtro é uma espécie de “cesto” que retém a sujeira presente na água, evitando que ela chegue até a motobomba da piscina e danifique peças importantes do seu funcionamento. Apesar de fácil e sem custos, esse procedimento de manutenção é importante e deve ser realizado regularmente para garantir maior durabilidade da sua piscina.

Limpeza do skimmer

Similar ao pré-filtro, o skimmer é um dispositivo que fica em alguma das paredes da piscina, captando a sujeira que eventualmente caia na água, como folhas e insetos. A sua limpeza é manual e periódica.

Tanto no caso do skimmer quanto do pré-filtro, antes de realizar a limpeza, lembre-se de desligar os registros e fechar os sistemas de filtração.

Escovação

Escovar a piscina, limpando seu revestimento, é importante para evitar que limo, algas, bactérias, manchas e sujeiras se acumulem nas laterais e fundo da piscina. Para isso, você precisará de escovas específicas para a tarefa, que podem ser encontradas em diversos tipos de tamanhos, modelos e preços.

Aspiração

Muitas vezes, após a escovação da piscina, a sujeira que se solta do revestimento fica dispersa na água, e para tirá-la é necessário utilizar um aspirador de piscina. Para facilitar o trabalho existem produtos que decantam a sujeira, ou seja, as forçam a repousar no fundo da piscina, facilitando a aspiração. Esse é um trabalho lento e que exige muita paciência.

Peneiração

Como o próprio nome sugere, com o auxílio de uma peneira específica você irá retirar toda a sujeira depositada na superfície da sua piscina, como folhas e insetos. Essa tarefa é bastante comum e deve ser realizada constantemente.

Limpeza da superfície

Por último, vale ressaltar que um bom cuidado com a sua piscina pode começar antes mesmo de tratar a sua água, já que medidas como a limpeza do deck, bordas e entorno da piscina contribuem muito para que evitar que o acúmulo de sujeira e a proliferação de microrganismos acabem com a diversão da sua família.

Essas são algumas dicas para quem deseja ter uma piscina em casa e manter a água sempre limpa, própria para o banho, garantindo a diversão de toda a família.

Vale ressaltar que embora várias das etapas de limpeza e manutenção descritas aqui são fáceis e podem ser realizadas por qualquer pessoa, outros procedimentos devem ser realizados por um profissional. Por isso, caso você não esteja disposto a aprender tudo que permeia a manutenção de uma piscina, contratar um profissional do ramo é primordial para que você não danifique a água ou os seus equipamentos e nem cause acidentes a você e sua família.

Então, gostou das dicas e já está planejando instalar uma piscina em casa para melhor aproveitar o verão com a sua família? Deixe um comentário em nossa página com ideias dúvidas e sugestões sobre o assunto!

Resultado de imagem para familia em piscina em casa

FONTE: www.vivareal.com.br/blog
Publicado em Dicas | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Horta em apartamentos: Conheça os tipos de plantas

Morar em apartamento em uma grande cidade pode representar uma limitação cotidiana de espaço e de alternativas para completar o seu lar. Por isso, muita gente tem o sonho de morar em uma casa com quintal espaçoso para plantar temperos, flores e ervas. Mas, é simples criar uma horta em apartamento.

Basicamente, você só precisa usar a criatividade para poder montar uma horta em apartamento e saber escolher as plantinhas adequadas para se adaptar e crescer em um ambiente urbano. Afinal, é fácil realizar esse cultivo em qualquer espaço livre da sua casa.

Vale lembrar que essa iniciativa pode trazer diversos benefícios para o seu dia a dia, tais como:

  • Diversificar a sua alimentação com ingredientes naturais e sem agrotóxicos.
  • Possibilidade de apanhar ervas de chás direto de sua horta em apartamento.
  • Contato com a natureza e a beleza proporcionada.

3 ideias para horta em apartamento

1. Utilize caixinhas

Qualquer caixa que não esteja sendo utilizada na sua casa pode se transformar em um pequeno canteiro, seja na posição vertical ou na horizontal. Por contar com um tamanho mais avantajado, as caixas também podem comportar verduras e legumes, como o alface ou a rúcula.

2. Canecas também podem virar vasos

Com um pouco de criatividade, você pode reaproveitar as suas canecas antigas como mini-vasos para o balcão da sua cozinha ou algum espaço na sua varanda. Desse modo, as canetas ainda podem servir como decoração encantadora em uma mesa ou estante.

3. Garrafas plásticas

Se a intenção é colaborar com o meio ambiente não existe nada mais adequado do que reutilizar suas garrafas plásticas na sua horta em apartamento. As suas plantinhas podem ser colocadas dentro das garrafas plásticas para apanhar chuva, cultivar diferentes tipos de temperos e criar uma criativa horta suspensa.

Plantas para a sua horta em apartamento

Você já descobriu diversas opções para elaborar uma hortinha dentro de seu apartamento! Agora, pode dar mais vida e cor ao seu lar. Porém, é essencial conhecer os tipos adequados de plantas. É preciso levar em consideração alguns pontos antes de selecionar as espécies.

As plantas podem exigir uma atenção diferenciada para poderem ser cultivadas com sucesso, saúde e vitalidade nesse ambiente. Portanto, confira a seguir uma seleção com sete tipos de plantas apropriadas para uma horta em apartamento.

Pimenta

Você pode escolher a espécie de pimenta que preferir, pois os cuidados são semelhantes. O cultivo deve ser iniciado no inverno para que possa crescer até o inverno. A pimenta necessita de seis horas por dia de contato com a luz do sol e três regas por semana.

Resultado de imagem para horta pimenta

Orégano

O orégano pode atingir até 50 cm de altura e precisa de aproximadamente quatro horas de luz do sol todos os dias. Porém, você deve prestar atenção para não afogar as raízes, uma vez que as regas devem ser feitas com uma quantidade moderada de água.

Resultado de imagem para horta oregano

Manjericão

O manjericão deve ser plantado individualmente em um vasinho em um local com espaço considerável para evitar o aparecimento de pragas. Esse tempero necessita de quatro horas por dia de a luz solar e também de rega diária.

Resultado de imagem para horta manjericão

Salsa (ou salsinha)

A salsa exige um vasinho maior com cerca de 30 centímetros. Essa erva precisa contar com 5 horas de contato com a luz do sol todos os dias, mas a água só precisa ser colocada quando o solo estiver realmente seco. Vale lembrar que a muda precisa de um centímetro para se desenvolver novamente.

Imagem relacionada

Coentro

O coentro precisa ser plantado na época mais quente do ano para possibilitar seu crescimento. Já a exigência da luz do sol também é diária e tende a melhorar o sabor. Com relação à água, a rega deve ser apenas para umedecer a terra do vasinho e não deixá-la encharcada.

Resultado de imagem para horta coentro

Cebolinha

A cebolinha não precisa ser cultivada em vasinhos individuais, desde que a terra seja bem nutrida. Essa planta não necessita do contato direto com a luz do sol, mas deve ser deixada em um recinto bastante claro.

A rega dos vasos deve ser feita todos os dias, mas a cebolinha se desenvolve muito bem em qualquer época ou estação do ano. Por isso, é um ingrediente que pode ser plantado em qualquer estado do Brasil.

Resultado de imagem para horta cebolinha

Você tem uma horta em apartamento? Conte nos comentários a sua experiência!

FONTE: www.vivareal.com.br/blog

Publicado em Dicas | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Aprenda a decorar seu jardim sem gastar muito!

O jardim é uma parte da casa que pode fazer toda a diferença na decoração, estética e clima do ambiente. Porém, a decoração de jardim exige um pouco mais que um bom cultivo das plantas que se tem em casa. Sem dúvida elas são a estrela desse espaço, mas não devem deixar de ser acompanhadas de objetos que ajudem a adornar e enfeitar esse cantinho. No texto de hoje, você vai poder conferir algumas dicas incríveis para transformar o jardim da sua casa sem gastar muito, com criatividade e obtendo ótimos resultados. Acompanhe!

Seja criativo na hora de plantar

Existe uma grande diversidade de vasos no mercado, o que já traz ótimos resultados para quem quer deixar o jardim bonito. Porém, é possível deixar a criatividade mandar na decoração e usar outros objetos para plantar. Uma gaiola pendurada, por exemplo, pode servir de vaso para abrigar samambaias e outros tipos de plantas semelhantes. Outras ideias de vasos alternativos para dar um toque especial ao jardim são pneus, garrafas de vidro, latas estilizadas, garrafas pet e caixas encapadas.

Resultado de imagem para jardins com pet e vasos coloridos

Decore usando a criatividade

Algumas coisas que você tem em casa podem servir de apoio para armazenar seus vasos de plantas e ainda dar um toque especial à decoração. Aquela escada velha de madeira que você não usa mais ou algumas tábuas podem se transformar em ótimas prateleiras para guardar suas plantas e ainda trazer um ar rústico ao seu jardim. Você pode pintar esses objetos ou utilizá-los em suas cores naturais, de acordo com os outros tons que você já tem nesse espaço.

Blog da Rotina

Use móveis adequados para decoração de jardim

Se você tem espaço disponível e quer ter um ambiente relaxante, mas que também seja adequado para receber amigos, os móveis para jardim podem trazer esse conforto e deixar a decoração ainda mais bonita. Para isso, é importante investir em peças que sejam indicadas para a parte externa, principalmente se ela for descoberta e ficar exposta às alterações climáticas, como calor intenso e chuvas.

Se você já tem alguma peça em madeira (material que normalmente é o queridinho dos espaços externos), mas que fica dentro de casa, é interessante saber se esse móvel tem tratamento adequado para ficar do lado de fora da casa. Caso a resposta seja negativa, vale a pena se informar sobre esse tratamento ou investir em uma peça nova.

Apostar em bancos, espreguiçadeiras, mesas largas de centro e muitas almofadas é uma ideia simples, mas que traz ao ambiente um clima aconchegante. No caso das almofadas e estofados, opte por tecidos laváveis e impermeáveis para facilitar o seu dia a dia na hora da limpeza.

Resultado de imagem para almofadas no jardim

Mescle plantas e flores coloridas

A graça de um jardim está na diversidade de cores e plantas, trazendo um resultado incrível para os olhos. Mesclar plantas verdes e flores coloridas em um só espaço é uma alternativa simples e que cria um excelente efeito visual. Se você tiver espaço no chão, faça um pequeno ambiente incluindo arbustos, pequenas árvores, bonsais e flores coloridas, como zínias, dálias, margaridas, rosas, orquídeas, entre muitas outras.

Aposte em objetos de decoração típicos

É fato que cada ambiente da casa merece uma decoração condizente com o espaço. Com o jardim, não é diferente: as peças de decoração devem remeter a um momento de relaxamento, com cores em tons pastéis e amenos, para harmonizar com as plantas e flores. Invista em estátuas e fontes de água que trazem sons relaxantes e não exagere nos objetos. Deixe que a natureza faça o papel de deixar o seu espaço bonito e exalando paz e tranquilidade.

Imagem relacionada

Considere ter um jardim dentro de casa

Aquele espaço sem uso que você tem entre os quartos ou ao lado do banheiro também pode se transformar em um lindo jardim de inverno. Distribua pedras brancas ou coloque tábuas de madeiras sobre o chão para deixar o ambiente harmonizado com o clima de natureza. Depois, basta usar a criatividade e colocar móveis, fazer jardins verticais com painéis de madeira e decorar.

Resultado de imagem para jardim de inverno

Aposte em suculentas e temperos

Se você tem pouco espaço em casa, mas mesmo assim quer ter um cantinho que inspire os moradores e seus convidados, você pode optar por um pequeno jardim com plantas fáceis de cuidar e que podem ser plantadas em vasos menores. As suculentas e os cactos exigem poucos cuidados e resistem bem ao clima do Brasil, além de serem lindos.

Outra opção é uma horta, onde você pode plantar seus próprios temperos. Ela pode fazer parte de um jardim ou ser um pequeno espaço onde você tem tudo para cozinhar sem agrotóxicos. As pequenas hortas podem ser colocadas em prateleiras na própria cozinha, na janela ou no chão, se houver mais espaço.

Imagem relacionada

Invista na iluminação

As luzes escolhidas para clarear o ambiente podem fazer toda a diferença na decoração de jardim. O melhor de tudo é que é possível economizar e ter um resultado excelente na iluminação. Você pode colocar velas dentro de pequenas gaiolas e espalhá-las pelo chão, acendendo-as quando for receber visitas para criar um clima intimista e aconchegante.

Outra ideia é instalar luminárias em formatos de postes ou nas paredes, sempre cuidando para que a iluminação seja pontual e não total. Assim, elas não trarão claridade excessiva para o ambiente, mas que serão suficientes para deixar a visão clara e definida do espaço e das pessoas.

Resultado de imagem para velas em gaiolas no chão

Existem inúmeras ideias para a decoração de jardim ficar incrível e sem precisar de grandes reformas ou mudanças na casa. Com criatividade e alguns objetos que você já tem, já é possível trazer um toque especial para a parte externa do lar.

Não se esqueça de sempre de cuidar bem das plantas e seguir as orientações para cada uma delas, lembrando que cada espécie tem os cuidados certos para crescerem sempre bonitas e cumprirem seu papel principal na decoração do jardim. Gostou das nossas dicas? Tem alguma ideia de decoração de jardim para deixar seu espaço ainda mais bonito? Deixe seu comentário!

FONTE: www.vivareal.com.br/blog

Publicado em Dicas | Com a tag , , , , | Deixar um comentário